Bateria de empilhadeira: 5 dicas fundamentais para conservar a sua

Popular e necessária em ambientes de movimentação ou transporte de cargas, a empilhadeira mostrou-se a solução quando o assunto é organizar, agrupar e carregar ou descarregar produtos. Porém, assim como os automóveis, essas máquinas também precisam de baterias para seu funcionamento e exigem determinados cuidados especiais para que possam operar perfeitamente.

Confira algumas dicas para proteger esse equipamento dos danos ocasionados pelo uso incorreto e garantir seu máximo desempenho por um longo tempo!

 

Como conservar a bateria da empilhadeira corretamente?

Conforme citamos, a bateria e sua manutenção são indispensáveis para que seja possível operar uma empilhadeira. É preciso entender que mais cedo ou mais tarde, a substituição será necessária e estar atento quanto a esse cuidado é fundamental para que a sua máquina esteja apta ao uso. Para que não seja necessário realizar a troca em períodos muito curtos de tempo, existem algumas ações que podem ser aplicadas. Por isso, separamos dicas que vão auxiliar você nesse processo:

 

  • Fique atento à vida útil da bateria

 Cuidar da bateria de sua empilhadeira é um ato indispensável, porém, isso não a torna eterna. Desde o momento de aquisição, é preciso ficar de olho em seu prazo de validade, que normalmente é medido em ciclos de carga. Essa informação é fornecida pelo fabricante.

Caso a sua bateria dê sinais de desgaste muito antes do período previsto pelo fornecedor, sinal amarelo! Isso pode apontar para um defeito de fabricação ou para o uso equivocado. Agora, caso ela passe a descarregar muito rápido, é importante verificar o período de esgotamento previsto, provavelmente está na hora de providenciar uma nova.

 

  • Para conservar a bateria da empilhadeira por mais tempo, não a carregue desnecessariamente

 Uma característica comum entre todas as baterias é o fato de que quando são carregadas desnecessariamente, ou seja, submetidas ao carregamento já estando em um nível razoável de carga, há uma alteração em seu funcionamento que prejudica a vida útil.

Sobre as baterias de empilhadeiras não é diferente, para garantir a conservação o ideal é que só sejam carregadas quando estiverem próximas do esgotamento. Vale lembrar que deixa-las descarregar por completo ou interromper o carregamento também não são opções aconselháveis, já que podem causar anomalias no funcionamento.

 

  • Mantenha o nível de água destilada no patamar ideal

As baterias de empilhadeiras elétricas dependem de certa quantidade de água destilada para operar, dessa forma, é importante checar o seu nível antes e depois do uso. Mas fique atento e evite excessos, operar com água em nível abundante pode ser tão prejudicial quanto fazê-lo com a bateria totalmente seca. Observe sempre as condições indicadas pelo fabricante.

 

  • Priorize a limpeza

Com o passar do tempo, o interior da empilhadeira acumula sujeira e resíduo, o que pode prejudicar o funcionamento da máquina fazendo com que suas peças trabalhem mais do que o necessário e seu período de duração seja comprometido.

Por conta disso, para conservar a bateria da empilhadeira é preciso higienizá-la periodicamente. O mais indicado é usar uma solução de bicarbonato de sódio a 10%, que limpa a peça sem danificá-la.

 

  • Analise periodicamente as condições de funcionamento da bateria

Além de todos os cuidados citados, é muito importante ficar atento ao funcionamento da bateria e observar qualquer possível sinal de alerta. Instabilidades e comportamentos inesperados podem indicar algum problema que exija manutenção, a necessidade de substituição da peça ou possíveis erros de operação durante a rotina.

Precisa de empilhadeiras para ajudar nas operações do seu negócio? Conte com a Logiservice! Trabalhamos com vendas e aluguéis de equipamentos de ótima qualidade, com uma seleção do que há de mais moderno no mercado. Entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar!

Voce também pode gostar