Buscar
  • Logiservice

Empilhadeira elétrica patolada ou retrátil? Confira qual é a melhor para o seu negócio

Seguindo a tendência de Europa e Estados Unidos, o uso da empilhadeira elétrica tem crescido cada vez mais no Brasil. Pouco a pouco, suas vantagens perante o modelo tradicional a combustão se sobressaem. Contudo, não há um único tipo de empilhadeira elétrica: as fabricantes disponibilizam diferentes modelos, que atendem necessidades distintas. Entre os principais, estão a empilhadeira retrátil e a empilhadeira patolada.


Quais são os diferenciais da empilhadeira elétrica?

Independentemente do tipo de empilhadeira elétrica que você escolha para a sua empresa, saiba que essa máquina te ajudará a manter a saúde financeira do seu negócio no longo prazo. Mesmo sendo mais cara que a versão a combustão – a diferença pode chegar a 35% do valor, porém seu consumo de energia é muito mais baixo: a economia pode chegar a 80% em relação aos combustíveis fósseis.


Além disso, o menor porte da empilhadeira elétrica permite que ela alcance locais aos quais as similares a combustão não chegam. Muito menos barulhenta e ecologicamente correta (não emite gases), pode ser usada em ambientes fechados.


A empilhadeira elétrica patolada

Essa é uma empilhadeira de classe 3. Suas menores dimensões fazem com que ela seja conhecida como Júnior. Trata-se de uma máquina projetada especialmente para empilhar em estantes baixas (até 5,40 m), transportar, carregar e descarregar paletes e cargas paletizadas no geral. Seus braços encaixam-se perfeitamente nos vãos desses itens, reduzindo o tempo de carga. Entretanto, a empilhadeira elétrica patolada também tem outros usos. O mais comum é o transporte de contêineres de pequeno porte (até 1000 lts/kg de capacidade).


A empilhadeira elétrica retrátil

Já a empilhadeira retrátil é uma máquina de classe 2. Esse grupo reúne os equipamentos de uso típico em armazéns. O diferencial da máquina retrátil é que seu mastro não se movimenta apenas para cima e para baixo: ele também se desloca para frente de modo a alcançar cargas que não estejam tão próximas. Consequentemente esse equipamento é de uso muito popular em armazéns: movido à eletricidade, deve ser usado em locais fechados. Sua capacidade de alcançar itens até mesmo nos locais mais isolados reduz significativamente o tempo de carga e descarga, além de reduzir o gasto de energia ainda mais.


Quando usar cada tipo de empilhadeira elétrica?

A empilhadeira elétrica pode ser utilizada em locais abertos (seguindo recomendações do fabricante) quanto fechados, embora suas características façam com que seu uso seja muito popular nestes últimos. A empilhadeira elétrica patolada não é conhecida como transpaleteira a toa: ela é projetada especialmente para empilhar e transportar cargas em paletes em corredores estreitos e de baixa elevação. Se essa é a maneira como você costuma transportar seus itens, vale a pena investir.


Agora, se a sua necessidade é uma empilhadeira que facilite o trabalho de carga, descarga e transporte, tendo corredores com largura mínima de 2,80 m e armazenagem com altura superior a 6,00 m do piso, a empilhadeira elétrica retrátil é o que você procura.


Precisando de empilhadeira elétrica patolada ou retrátil para o seu negócio? Então fale conosco e peça seu orçamento! Somos uma empresa tradicional no mercado de vendas e locações de empilhadeiras há quase 20 anos. Consulte-nos:


Telefone: (11) 4152-2677


E-mail: comercial@logiservice.com.br

2 visualizações0 comentário